google58f7363722c802d5.html google0518e1b48949e8e4.html Gestores do CRETL participam de Atividades de Projeto Conexões Éticas do Terceiro Setor em Brasília.

Gestores do CRETL participam de Atividades de Projeto Conexões Éticas do Terceiro Setor em Brasília.



Petrobras e UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) assinam acordo para implementação de um projeto social para capacitação de líderes e gestores de 180 Organizações da Sociedade Civil (OSCs) apoiadas pelo Programa Petrobras Socioambiental. A capacitação em gestão e compliance destaca questões sobre ética, integridade e transparência das atividades.


O projeto, chamado de “Conexões Éticas do Terceiro Setor”, contribui para um objetivo importante para nós: o aprimoramento da governança e das práticas de conformidade, envolvendo também a cadeia de fornecedores e parceiros. Por meio desse projeto, esse objetivo tem sua abrangência ampliada para instituições apoiadas pela Petrobras para a execução de projetos socioambientais. 

A prática tem mostrado que organizações mais qualificadas, institucionalmente mais organizadas, com corpo técnico treinado e preparado, apresentam melhores condições de concorrer aos recursos disponíveis para a implementação de projetos. Esse cenário é reforçado pelo gerente executivo de Conformidade, Marcio Campanelli: compliance é essencial para a sustentabilidade de uma organização e tem sido cada vez mais entendida como um diferencial competitivo pelas empresas. Além do aprimoramento dos nossos próprios processos, nós influenciamos a mudança de empresas e organizações com quem nos relacionamos, exigindo tanto a implementação dessas práticas como a promoção, a disseminação e a capacitação sobre o tema, como feito neste projeto".



O universo das OSCs é amplo e plural. No Brasil, existem em torno de 820 mil organizações de sociedade civil (Dados IPEA, 2016), que atuam em diversas áreas como cultura, assistência social, educação, saúde, desenvolvimento sustentável, e em defesa dos direitos de grupos historicamente excluídos, como pessoas com deficiência, mulheres, índios, povos e comunidades tradicionais, negros e LGBTs.




As OSCs empregam cerca de 2,2 milhões de brasileiras e brasileiros, o que demonstra a sua relevância também para a economia e o mercado de trabalho do País.

Os projetos inovadores das OSCs muitas vezes inspiram e servem de laboratório antes da implementação de políticas em âmbito nacional.


As OSCs participam da criação de políticas públicas por meio de conselhos, conferências e mesas de diálogo criados pelos governos municipais, estaduais e federal. A política de enfrentamento da AIDS e a Lei Maria da Penha são alguns exemplos de avanços trazidos por essas organizações à nossa sociedade.

Tais organizações são agentes importantes e ajudam a criar uma relação mais próxima entre o Estado e o cidadão.


Além do treinamento voltado aos gestores, o processo de capacitação com a UNESCO no Brasil prevê assistência técnica na elaboração de documentos ou instrumentos, tais como códigos de ética e de conduta, que serão construídos coletivamente pelas OSCs participantes do Programa. Também serão realizadas avaliações das capacitações ao final de cada etapa, durante os 36 meses de duração do projeto.


O Diretor Executivo Gilbert Scharnik e Carlos Eduardo Moreira, Diretor de Comunicação, representantes do Centro Internacional de Cooperação para o Desenvolvimento - CINTERCOOP participaram da Primeira Etapa das Atividades de Capacitação do Projeto Conexões Éticas do Terceiro Setor em Brasília - DF durante o período de 07 a 11 de Outubro de 2019, juntamente com outras 20 Organizações da Sociedade Civil (OSC's) durante essa fase de capacitações.


As atividades incluíram debates, exercícios técnicos e a apresentação de cases sobre temas como ambiente regulatório, princípios de compliance, gestão de risco no Terceiro Setor e dinâmicas de trocas comerciais, assistenciais e socioambientais.


O curso, coordenado pela UNESCO em parceria com a Petrobras e administrado pela JS Brasil Consultoria possui quatro módulos distribuídos da seguinte forma:


  1. Compliance e integridade nas organizações;

  2. Gestão estratégica;

  3. Planejamento, monitoramento e avaliação de programas na prática; e

  4. Sistematização de tecnologias socioambientais e comunicação para a transformação.


O objetivo principal é contribuir para a formação de 40 gestores sobre temas relevantes para o aprimoramento da governança e das práticas de conformidade, incluindo ética, integridade e transparência.



Além dos benefícios gerados para a sociedade, por intermédio do fortalecimento da gestão das OSCs, a iniciativa contribui para potencializar os resultados do Programa e para que os recursos destinados aos projetos socioambientais sigam os rígidos critérios de conformidade adotados pela Petrobras.







"Em nome da equipe do CINTERCOOP e do Centro de Referencia Esportiva Três Lagoas queremos agradecer a Petrobrás pela oportunidade e pela contribuição para que as OSC’s que atuam no Brasil tenham acesso a esse espaço democrático de aprendizado e conhecimento". Carlos Eduardo Moreira - Diretor de Comunicação do CINTERCOOP.

Confira abaixo o vídeo de agradecimento dos Gestores do Projeto Centro de Referência Esportiva Três Lagoas.


"Finalmente, reafirmamos o compromisso do CINTERCOOP em atuar com ética, integridade e transparência, valores que são fundamentais para a excelência de nossos trabalhos". Gilbert Scharnik - Diretor Executivo do CINTERCOOP.

- Seguimos juntos, nesse Movimento pelo Conhecimento!



Fonte: http://www.petrobras.com.br/fatos-e-dados/assinamos-um-acordo-com-a-unesco-para-capacitar-gestores-dos-nossos-projetos-em-gestao-e-conformidade.htm

13 visualizações

realização:

apoio:

patrocínio:

logo-patria-amada-brasil-horizontal_vert
#CRETL
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Centro de Referência Esportiva Três Lagoas

E-Mail: secretaria@cretreslagoas.org

Fone/whatsapp: (067) 99866-6357

Av. Odair Rosa de Oliveira - Jardim Bela Vista,

Três Lagoas - MS, 79600-090

Gostaria de matricular-se?

Gostaria de publicar um artigo?

Fale Conosco!