google58f7363722c802d5.html google0518e1b48949e8e4.html I Seminário de Boas Práticas em Educomunicação, Educação Ambiental e ODS do CRETL
  • Cadu Lanne

I Seminário de Boas Práticas em Educomunicação, Educação Ambiental e ODS do CRETL

Em parceria com Escola Estadual João Magiano Pinto - JOMAP, CRETL realiza I Seminário de Boas Práticas em Educomunicação, Educação Ambiental e ODS.

Gilbert Scharnik Diretor Executivo do CRETL dá as boas vindas na abertura do Seminário

O I Seminário de Educomunicação, Educação Ambiental e ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) do CRETL foi elaborado no sentido de contextualizar boas práticas de Educomunicação, Educação Ambiental em conjunção com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável o evento foi direcionado aos alunos e alunas de nono e primeiro ano como forma de aproximar e inserir essa nova abordagem dentro do contexto escolar.


Para tanto, o CRETL buscou em seus parceiros apoio na apresentação de boas práticas nacionais e internacionais com participação e protagonismo de adolescentes e jovens como forma de apresentar a aplicação das boas práticas a partir do universo escolar.


O evento foi divido em dois momentos com apresentações remotas por livestream, na parte da manhã as Boas Práticas em Educomunicação contou a apresentação de Gabriela Mora - Coordenadora da área de Cidadania dos Adolescentes do UNICEF, que falou sobre a importância da participação e do protagonismo juvenil para o desenvolvimento de ações voltadas a proteção e garantia dos Direitos de Adolescentes e Jovens, falou ainda sobre como podem participar e o que poderiam desenvolver citando oportunidades nas ações desenvolvidas pelo UNICEF Brasil.


Sandra R. Sergio que é Especialista em Política Pública, foi coordenadora do Parlamento Juvenil do Mercosul por 10 anos, organizou e coordenou 3 edições do Concurso Histórico Literário Caminhos do Mercosul e outras ações voltadas para juventude. Atuou por 15 anos no Ministério da Educação e, atualmente, trabalha com cooperação internacional na Organização dos Estados Iberoamericanos no Brasil e falou sobre com desenvolver projetos e ações dentro da escola e como levar essas atividades para a comunidade e o impacto delas na vida pessoal e no currículo dos alunos.


Para o encerramento uma participação muito especial teve grande destaque, Gustavo Medrado, que hoje está com 22 anos e é jornalista em formação pela Universidade Federal de Uberlândia. Aos 16 anos, foi eleito Parlamentar Juvenil do MERCOSUL e, aos 17, Parlamentar Jovem Brasileiro por Minas Gerais. Recentemente, em abril de 2019, integrou a dupla de estudantes de jornalismo brasileiros selecionados para cobrir a Brazil Conference at Harvard and MIT, em Cambridge, Massachusetts. Desde 2009, é membro e voluntário da Missão Escola da Vida, organização não-governamental que atua na periferia de Uberlândia, complementando a educação de jovens e crianças. Desenvolve atividades de protagonismo juvenil e empoderamento com a juventude periférica, tendo como principal aliado as mídias sociais. Assim como Nelson Mandela, acredita que a educação é a ferramenta mais poderosa para transformar o mundo.

A participação de Gustavo foi fundamental na sensibilização dos participantes, pois é jovem e tem ampla experiencia em sua bagagem, tendo participado de inúmeras atividades e ainda no desenvolvimento de conteúdos para web. A apresentação de Gustavo mostra que a partir da escola os alunos podem ir além do conteúdo apresentado em sala, é possível por em prática muito do que se aprende na escola e desenvolver um trabalho legal com relevância para adolescente e jovens fomentando temas que são relevantes para esses grupos.


Professora Cleide Evelin via livestream e o Coordenador de Meio Ambiente do CRETL Marco Antônio Carvalhães

No segundo momento, pela tarde, a apresentação da Professora Cleide Evelimn Pinto, ganhou destaque com sua história de vida e seu trabalho desenvolvido, Cleide tem 25 anos, natural da cidade de São Bernardo do Campo – SP. Formada em Gestão de tecnologia e Marketing pela Universidade Metodista do Estado de São Paulo. Especializada em Gestão de Projetos e Marketing Estratégico pela FIAP. Musicista membro da OMB (Ordem dos Músicos do Brasil), também estudou Composição e Arranjo na EMB (Escola de música de Brasília) além de especializar-se em música brasileira pela Escola Raphael Rabello – Clube do Choro de DF.


Voltou sua formação a instituições do 3º setor, onde inicialmente passou a trabalhar como educadora social com crianças de comunidades carentes no Grande ABC Paulista. Suas ações a levaram a ser parte da construção de um Instituto, que atua a 5 anos atendendo comunidades periféricas em São Bernardo do Campo. Por conta de seu pioneirismo, ultrapassou os limites do Estado de São Paulo e alcançou crianças em áreas de risco em Brasília, Paraná, Rondônia e Bolívia. Onde pode idealizar projetos e ser ferramenta de transformação nesses lugares.


Toda bagagem adquirida, a conduziu a um país chamado Burkina Faso, localizado ao Oeste da África. Onde fundou e gerenciou o projeto: Água é para todos. Que nasce da necessidade de se fazer a diferença em comunidades, vilarejos e países em necessidades emergentes.


Logo em seguida a Professora/Mestre Juliana fala sobre fauna terrestre e conservação do solo, Juliana possui graduação em Ciências Biológicas, modalidade licenciatura, pela Universidade Estadual de Goiás (UEG/UnUCET-Anápolis) (2016). Mestre em Recursos Naturais do Cerrado pela Universidade Estadual de Goiás (2017). Atua no Laboratório de Pesquisa Ecológica e Educação Científica - LABPEEC/UEG com térmitas (Isoptera).


Ainda tivemos a participação do Professor/Doutor Luiz Augusto Silva de Souza que é graduado em Agronomia pela Universidade Federal Rural da Amazônia (2002) e mestrado em Botânica pela Universidade Federal Rural da Amazônia (2006) e Doutorado em Ciências Agrárias na Universidade Federal Rural da Amazônia, na Área de Concentração: Agroecossistemas Amazônicos. Tem experiência na área de Biologia Vegetal (Botânica, Sistemática, Fisiologia Vegetal), Bioquímica, Agricultura Geral, Manejo de Vegetação Secundária, Sistemas Agroflorestais, Ecologia, Educação Ambiental, Gestão Ambiental, Extensão Rural e Produção de Grãos. EMPREGOS ANTERIORES: Museu Paraense Emílio Goeldi ­MPEG Universidade Federal Rural da Amazônia ­ UFRA Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará ­ EMATER­PARÁ Faculdade de Castanhal ­ FCAT.


O Professor Luiz Augusto fez um bate papo descontraído, falando sobre a importância da Educação Ambiental na Produção de Alimentos, falou ainda sobre como reduzir o impacto na natureza através das mudanças das atitudes e a conscientização das pessoal para melhora significativa da vida no planeta.


O Centro de Referência Esportiva Três Lagoas tem parceria firmada com a Escola Estadual João Magiano Pinto para atividades de Educomunicação e Educação Ambiental como inicio ainda neste semestre e pretende atender as turmas de nono e primeiro ano.


**O Centro de Referência Esportiva é uma realização do CINTERCOOP em parceria com a Prefeitura Municipal de Três Lagoas e tem patrocínio da Petrobras por meio da Petrobras Socioambiental.

15 visualizações

realização:

apoio:

patrocínio:

logo-patria-amada-brasil-horizontal_vert
#CRETL
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Centro de Referência Esportiva Três Lagoas

E-Mail: secretaria@cretreslagoas.org

Fone/whatsapp: (067) 99866-6357

Av. Odair Rosa de Oliveira - Jardim Bela Vista,

Três Lagoas - MS, 79600-090

Gostaria de matricular-se?

Gostaria de publicar um artigo?

Fale Conosco!