google58f7363722c802d5.html google0518e1b48949e8e4.html Volêi | cretreslagoas

O CRETL oferece a modalidade de Vôleibol totalmente gratuito no Balneário Municipal de Três Lagoas. Todo o equipamento necessário para a prática desta modalidade é do próprio centro e está disponível para os alunos e alunas desta modalidade.

Voleibol

O voleibol é uma modalidade esportiva coletiva apresentando na sua essência o jogo, fator que socioculturalmente motiva e estimula as pessoas, mostrando-se muito favorecido e propício o desenvolvimento da sua prática. A diferença do esporte em relação a outras práticas é o pouco contato físico, pois existe uma rede dividindo os dois times. “Para as pessoas que não gostam de esportes de contato mais incisivo, como no handebol, o vôlei é um ótimo exercício, pois tem uma interação mais controlada, e as chances de problemas físicos durante a sua prática podem ser menores.

O ensino do voleibol tem seus desafios por suas características de precisão e movimentação, pois ao receber a bola tem que haver uma resposta eficiente e tática.

 

O objetivo do jogo é fazer com que a bola caia na quadra adversária, através de toque com as mãos por cima da rede. Com o saque a bola é colocada em jogo, cada equipe pode dar três toques, para não deixar a bola tocar seu próprio chão. O jogador não pode dar dois toques consecutivos, com exceção se estiver no bloqueio.

 

O vôlei é uma atividade que pode ser lúdica para as crianças e ser adaptada para a terceira idade. É uma opção de exercício físico atraente e que promove a sociabilidade.

Sobre

O Vôlei foi criado apenas quatro anos depois do basquete, em 1895. William G. Morgan, diretor de educação física da Associação Cristã de Moços de Holyoke, Massachusetts, desenvolveu a modalidade como uma alternativa ao basquete para as pessoas com idade avançada. Lawrence Rinder, pastor da instituição, foi quem recomendou a Morgan a elaboração de um novo esporte.

A ideia da rede dividindo a quadra veio do tênis, sua altura era de 1,98 metros. Para a bola, o diretor providenciou a fabricação de um modelo mais leve e apropriada. Nascia então o mintonette, isso mesmo, nome com o qual era conhecido antigamente, que só passou a ser chamado de volley ball por sugestão do Dr. A. T. Halstead de Springfield.

As primeiras regras escritas em 1896, apenas foram oficializadas pela Liga Atlética da Associação Cristã de Moços da América do Norte um ano após. Mais tarde, a novidade se espalhava pelo mundo chegando primeiramente no Canadá em 1900, em seguida nos países orientais, no México e dentro dos continentes europeu e africano. Desembarcou no Peru por volta de 1910, para depois se expandir por toda América do Sul.

Com essa constante crescente do esporte, foi inaugurado em Paris, no dia 20 de abril de 1947, a Federação Internacional de Volley Ball (FIVB) constituída por: Brasil, Egito, Estados Unidos, França, Holanda, Hungria, Itália, Iugoslávia, Polônia, Portugal, Romênia, Tchecoslováquia e Uruguai. Hoje a instituição possui 220 países filiados, o maior número comparado aos outros esportes.

A primeira competição de âmbito internacional aconteceu em Praga, na Tchecoslováquia e teve a Rússia como a grande vitoriosa, isso no ano de 1949. Entrou para os Jogos Olímpicos na edição de Tóquio 1964, com as categorias masculina e feminina, desde de então sempre presente em todos os eventos.

Os atletas brasileiros fizeram e continuam fazendo história no Vôlei desde Atenas 2004, onde as equipes masculina e feminina se revezam trazendo medalhas para o país.

A quadra de Vôlei possui as medidas de 18 metros de extensão por 9 de largura, além de uma área de 3 metros chamada de zona livre, que em competições internacionais aumentam para 5 metros. Em uma distância de 3 metros a partir do meio da quadra encontra-se a zona de ataque. A quadra é dividida por uma rede no meio com 2,43 metros de altura para os homens e 2,24 para as mulheres, com uma antena em cada extremidade de 1,8 metros de comprimento, sua função é de delimitar a área de ataque em cima da rede.

Cada equipe é formada de no máximo 12 jogadores, sendo que deles, 6 ficam em jogo. Quem comanda é o técnico que possui dois assistentes e em caso de lesão, um médico e um fisioterapeuta de plantão.

O Líbero é um jogador diferenciado não só pela cor diferente da camisa, mas pela sua estatura menor, proposital, pois sua função é defesa e recepção.

O objetivo do jogo é com no máximo 3 toques, passar a bola por cima da rede e cair dentro da área da equipe adversária. Ou no caso da bola tocar o jogador e cair para fora também soma-se o ponto. Entretanto, após passar a bola para o lado adversário e ela ir direto para fora, o ponto vai para a equipe oponente.

A partida inicia-se com o saque é disputada por sets com até 25 pontos cada. Porém para se vencer o set é necessário ter uma diferença de 2 pontos, mesmo que passe os 25. A equipe que vencer 3 sets primeiro vence. Na hipótese de empate 2 sets a 2, acontece o tie-break com 15 pontos.

História do Voleibol

O voleibol de praia é um esporte diretamente derivado do voleibol de quadra, cuja estrutura do esporte é a mesma do voleibol tradicional: uma quadra dividida em duas partes por uma rede. As duas grandes diferenças é que o voleibol de praia é jogado em solo de areia, e sua equipe pode ser formada por dois a quatro jogadores. Vale a observação de que no voleibol de quadra são dispostos seis jogadores em cada lado da quadra.

A origem do voleibol de praia é bastante difusa. Aponta-se para jogos que eram feitos na praia de Santa Mônica – praia nos EUA -, na década de 20, como prática de lazer entre os moradores locais. Sua chegada ao continente europeu teria se dado em meados da década de 30. No Brasil, há relatos de partidas em praias do Rio de Janeiro na década de 1950. A primeira tentativa de torneio amador se deu nos Estados Unidos, na década de 1940. Já os torneios profissionais surgiram com força em 1970, no mesmo local.

Em 1986, na praia de Copacabana (RJ) e em Santos (SP), foram reunidos os grandes nomes do voleibol mundial da época. As partidas realizadas chamaram a atenção da mídia e do grande público para o esporte. A partir de então, competições oficiais passaram a ser organizadas no Brasil e no mundo. No entanto, o voleibol de praia apenas passou a integrar o quadro olímpico em 1992, nos Jogos de Barcelona, como esporte de demonstração. Como esporte de competição, a estreia do vôlei de praia ocorreu nos jogos olímpicos de Atlanta, em 1996.

A estrutura para a prática do vôlei de praia inclui uma quadra de areia com dimensões de dezesseis metros de comprimento por oito metros de largura. A bola utilizada deve ter massa entre 260 e 280 gramas, com circunferência entre 66 e 68 centímetros e ter cores brilhantes (rosa, amarelo, branco ou laranja). A rede que divide a quadra é presa a dois postes laterais, com altura de 2,55 metros, fixados a uma distância de 0,7 a 1 metro de distância da quadra. As dimensões da rede são de 8,5 metros de comprimento por 1 metro de largura.

História do Voleibol

Fontes:

realização:

apoio:

patrocínio:

logo-patria-amada-brasil-horizontal_vert
#CRETL
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Centro de Referência Esportiva Três Lagoas

E-Mail: secretaria@cretreslagoas.org

Fone/whatsapp: (067) 99866-6357

Av. Odair Rosa de Oliveira - Jardim Bela Vista,

Três Lagoas - MS, 79600-090

Gostaria de matricular-se?

Gostaria de publicar um artigo?

Fale Conosco!